Sexta-feira, 25 de abril de 2014
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Samba e forró para as crianças

Publicado pela primeira vez em 21/05/2007

Por Wlad Mattos - Baby Arts - Música e Interação *


Conheça as delícias musicais do selo Biscoitinho.

Se o mercado fonográfico brasileiro vive atualmente um dos seus maiores períodos de crise econômica, verificamos com satisfação que ele vive também um dos seus mais importantes períodos de desenvolvimento cultural e artístico. São indicadores deste desenvolvimento o grande e crescente número de boas produções independentes que, aos poucos, passam a integrar os catálogos de pequenos selos musicais e gravadoras emergentes.


Como resultado, presenciamos o surgimento de uma nova geração de produtos fonográficos cujas propostas, quando não partem diretamente de algumas destas seletas gravadoras, são resultantes de um novo espaço aberto por elas aos artistas e produtores independentes.


Este é o caso da gravadora Biscoito Fino, criada no Rio de Janeiro há pouco mais de cinco anos e reconhecida hoje como uma das mais importantes promotoras da música brasileira. A direção artística da gravadora "orgulhosamente alheia às tendências de mercado" não se fechou às mais autênticas demandas do público, abrindo espaço à realização de belíssimos projetos destinados ao público infantil.


Especialmente para abrigar estes projetos a gravadora criou o selo Biscoitinho que tem entre suas produções os CDs "Samba pras crianças" e "Forró pras crianças", que o espaço Baby Arts - Música e Interação apresenta nesta edição.

Matrizes da nossa música popular

Idealizados e produzidos pelo músico Zé Renato(1), "Samba pras crianças" e "Forró pras crianças" trazem para o universo infantil obras referenciais destes dois importantes gêneros musicais da cultura popular brasileira.


No universo do samba, podemos considerar diversos tipos musicais além daqueles que chamamos propriamente de samba (samba de roda, samba enredo, samba canção, etc), como o choro, a marcha-rancho, o partido alto, o pagode, entre outros. Assim como o samba, o termo forró pode representar uma certa diversidade de músicas nordestinas como o baião, o xote, o côco, o xaxado, o rojão e até mesmo a quadrilha!


Com a participação de grandes instrumentistas e intérpretes consagrados da nossa música, os CDs primam pela excelente qualidade técnica de seus recursos musicais (instrumentações, arranjos, interpretações e gravações).


Um toque especial caracteriza as produções: todas as faixas incluem a participação de crianças, cantando, batendo palmas e evocando danças e brincadeiras.

Músicas para brincar, ensinar e aprender

Ambos os CDs brindam o público com conteúdos musicais e temáticos de grande valor artístico e pedagógico, prontos para serem apreciados e utilizados em casa ou na escola, em ambientes e situações de aprendizagem informais ou formais.


Entre estes aspectos freqüentemente valorizados pela Músicamóbile, destacam-se:


1) o uso de sonoridades originais, com instrumentos típicos e algumas adaptações coerentes (como o uso do piano no samba, e os eventuais usos de guitarra elétrica e bateria no forró);


2) a referência de bons modelos de canto, com características vocais autênticas que vão do regional (o sotaque carioca no samba e o sotaque nordestino no forró) a um certo padrão nacional da MPB;


3) os discursos das músicas e letras que ponderam as originalidades e suas adequações temáticas; que resgatam e promovem os ritmos, sons, palavras e significados; que contextualizam os padrões coloquiais e cultos da fala brasileira;


4) as interações musicais entre crianças e adultos, ilustradas aqui de maneira sensivelmente rica e diversificada (meninos e meninas, a uma voz ou em coro, cantando com adultos jovens e de mais idade).

Samba pras crianças




Este é o CD de estréia do selo Biscoitinho, que apresenta uma seleção de sambas imortais de Xangô da Mangueira (Moro na Roça, em parceria com Jorge Zaira), João da Bahiana (Batuque na Cozinha), Dorival Caymmi (Maracangalha, Eu Não Tenho Onde Morar), D. Ivone Lara (Candeeiro da Vovó, Sorriso de Criança), entre outros.


Entre os intérpretes convidados, estão D. Ivone Lara, Ney Matogrosso, Zé Renato, Paulinho Moska, Dudu Nobre, Mart`nália, Mariana de Moraes, Ney Lopes e Pedro Miranda.


A participação das crianças é representada por um seleto grupo, formado na maior parte por alunos da ONG "Toca o Bonde - Usina de Gente" (2), organização criada pelo pianista Leandro Braga, que também assina a direção musical e os arranjos do disco.


Nos arranjos, predominam os originais elementos do samba de roda da Bahia, aos quais se misturam as influências do choro e dos gêneros do samba carioca. As sonoridades do piano abrem espaço a sutis e bem-vindos retratamentos rítmicos e harmônicos. Com toda esta deliciosa diversidade, faltava apenas ampliar os limites do eixo Rio-Bahia e contemplar alguns outros elementos dos batuques afro-brasileiros.


O CD apresenta também algumas curiosidades, como a versão de Zé Renato para a cantiga de roda Samba Lelê, um dos clássicos do nosso folclore de brincar. Outra curiosidade é o samba Pique Esconde na Internet (de Moacyr Luz e Luiz Carlos da Vila), cuja letra bem humorada chama a atenção para o problema da criança que transforma a Internet em quintal virtual.


Forró pras crianças




Este CD se baseia na fórmula de sucesso do "Samba para crianças" e apresenta uma seleção de clássicos da nossa música nordestina. No repertório, músicas de autores consagrados como Jackson do Pandeiro, Onildo de Almeida, Edgar Ferreira, João do Vale e Gordurinha, entre outros.


Os intérpretes convidados são Alceu Valença, Chico Buarque, João Bosco, Maria Rita, Silvério Pessoa, Zé Renato, Eduardo Dussek, Roberta Sá, Elba Ramalho, Renato Braz, Ramujo Gomes e Zélia Duncan. Além de intérprete e produtor, Zé Renato também atua como arranjador.


As crianças são representadas neste disco por um coro de meninos e meninas formado por alunos da maestrina Valéria Mendonça no Conservatório Brasileiro de Música e na Escola de Música Villa-Lobos, regidos por Paulo Malaguti.


As temáticas lúdicas e o caráter brincante de algumas das músicas dão a impressão delas terem sido criadas especialmente para o público infantil, com onomatopéias, historinhas e motes como o sapo, o cajueiro, a cigarra, o chiclete, a ema, o caranguejo, a escola...


Nos arranjos, há uma certa predominância do baião sobre os demais gêneros musicais que são típicos do forró. Predominam também as sonoridades típicas da sanfona e do triângulo, sendo a seção rítmica (que se complementa pela zabumba) freqüentemente acrescida da bateria. Na seleção musical, damos por falta de algumas músicas da autoria de Luiz Gonzaga.


O encarte traz, além das letras das canções e da ficha técnica, um curioso glossário elaborado pelo jornalista Bráulio Neto, com expressões vocabulares típicas da fala e das letras das canções nordestinas.

Para ouvir, cantar, brincar e devorar

Desejamos a todos uma boa degustação destes dois CDs do selo Biscoitinho, entre outros produtos desenvolvidos pela gravadora que faz jus ao nome inspirado pelo célebre comentário de Oswald de Andrade: "a massa ainda comerá do biscoito fino que eu fabrico".

* Wlad Mattos - Baby Arts - Música e Interação é músico, pesquisador e educador musical. Mestre em música pela Unesp - Universidade Estadual Paulista, tem formação em canto e atua como professor dos cursos de graduação em música da Unesp e da FASM - Faculdade Santa Marcelina. É diretor da Baby Arts - Música e Interação, organização especializada no desenvolvimento de atividades artísticas e educativas para bebês e crianças de 0 a 3 anos.


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Receitas especiais para diabéticos 10/03/2003 às 10:29:00

Criança que sofre de diabetes não precisa abrir mão da sobremesa. Aprenda a preparar doces com produtos dietéticos!

   
Cuidados para não engasgar 31/01/2001 às 14:32:00

Crianças, especialmente entre 2 e 3 anos, apresentam maior risco de engasgar com alimentos (e objetos), até por volta dos 4 anos de idade, quando aprendem a mastigar e a engolir melhor. Aprenda, aqui, como evitar acidentes.

   
Interar-te Atividade gratuita para famílias 29/04/2011 às 11:57:06

Dia 11 de julho, quinta-feira, no MAC USP NOVA SEDE - Ibirapuera! Confira!

   
Histórias da Arte para crianças 08/11/2012 às 18:49:50

Não tem jeito melhor de conhecer a vida e a obra de artistas contemporâneos brasileiros! Não deixe de levar seu filho!

   
O valor do ENEM para seu filho 28/02/2002 às 13:17:00

Descubra quais os objetivos do ENEM e aproveite este momento para incentivar o seu filho a conquistar maior responsabilidade.