Sexta-feira, 22 de setembro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

O valor do ENEM para seu filho

Por Julienne Gananian *


Descubra quais os objetivos do ENEM e aproveite este momento para incentivar o seu filho a conquistar maior responsabilidade.

Educadores, pais e até políticos constantemente debatem a proposta e a função do ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio. Segundo a Constituição Nacional, ele nasceu com o objetivo de conferir ao cidadão uma auto-avaliação, criar uma referência nacional para quem completa o ensino médio e facilitar o acesso a cursos profissionalizantes. Porém, você já parou para pensar qual o real valor desta avaliação para o seu filho?


Muitas vezes os pais querem que os jovens façam a prova apenas "por que tem que fazer", sem saber ao certo qual o seu intuito ou benefício. Por outro lado, os filhos, imediatistas, acabam cedendo só para passar no vestibular já que, dependendo da nota que obtiverem no ENEM, ganham pontos em exames como o da Fuvest ou de outras faculdades públicas e particulares no Brasil todo.

Gosto de aprender, mas odeio fazer prova!

Pergunte a alguns estudantes qual o maior sonho deles em relação à escola. Provavelmente a maioria desejará que as provas sejam definitivamente abolidas de suas vidas. Este pensamento resulta de um "terror" que se faz em torno das avaliações quando, na verdade, elas têm apenas a função de analisar aquilo que foi aprendido durante determinado período. No caso do ENEM, o período seria correspondente ao do Ensino Médio. "É importantíssimo, do ponto de vista comportamental, que os pais - e principalmente o aluno - saibam qual o nível de escolaridade atingido. Isso fará bem à auto-estima do jovem, que descobrirá se está bem preparado para o ensino superior e se absorveu o que o Ensino Médio lhe proporcionou" explica Lucila Camargo, orientadora vocacional em São Paulo.


E a análise não se restringe apenas ao aluno: a escola também está sendo testada. Todos os anos, após a correção das provas do ENEM, é publicada uma lista de classificação dos estabelecimentos que obtiveram mais pontos, de acordo com a nota de seus alunos. Dessa forma o governo - e os próprios pais - conseguem avaliar as escolas como um todo, tendo o Brasil inteiro como parâmetro. E as instituições de ensino cuidam de reforçar o ensino para não figurar entre as últimas colocadas.

Valorize a educação

Como colocar na cabeça dos jovens este outro lado da moeda? Se os pais mudarem um pouco seu ponto de vista em relação às avaliações, enfatizando o valor da educação e do processo como um todo, já estarão contribuindo muito para modificar o comportamento das novas gerações. "O ENEM deve funcionar como uma ferramenta para que seu filho perceba o quanto aprendeu e que, utilizando este conhecimento, ele será um cidadão melhor. Além disso, sua auto-estima também será reforçada, afinal ele deu o seu tempo para a escola e agora também tem o direito de avaliá-la" explica Lucila. Entretanto, se ele se sair mal no ENEM é sinal de que não aprendeu muito ou que não conseguiu digerir aquilo que lhe foi ensinado. Neste momento cabe ao próprio estudante reavaliar a sua postura perante o ensino e buscar mais conhecimento, de outras formas e com mais consciência.

Saiba apoiar sem cobrar

A regrinha de ouro - tanto no caso das avaliações como de uma forma geral - consiste em incentivar e apoiar os filhos sem cobrança, para que eles consigam crescer amparados pelo carinho dos pais, mas com suas próprias pernas. Afinal de contas, tudo que vira obrigação parece chato e ruim, enquanto aquilo que se faz por vontade própria traz a idéia de escolha e, portanto, de liberdade. Enfim, tudo o que os jovens mais desejam, certo?


"Entre no site do ENEM, imprima as datas e locais de inscrição e dê para o seu filho. Converse sobre a importância deste processo e mostre que você está colocando nas mãos dele, literalmente, essa responsabilidade" conclui Lucila Camargo.

Para saber mais

Site oficial do Enem: http://enem.inep.gov.br/


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
O jovem e as finanças 14/02/2002 às 16:17:00

Tão importante quanto uma educação formal na escola é o preparo do jovem para enfrentar o mundo com um sólido conhecimento a respeito de dinheiro.

   
Eu só quero que meu filho seja feliz 23/08/2001 às 15:03:00

Cuidado! Esta simples frase, dita com a melhor das intenções, pode pesar como uma tonelada sobre os ombros do jovem que chega à idade de escolher uma profissão, um curso universitário e precisa vencer o fantasma do vestibular.

   
Truques para passar no vestibular 04/03/2002 às 14:31:00

Nada de decorebas, fórmulas ou segredos. Na hora de encarar o vestibular o principal é se organizar e manter a calma.

   
Aconchego na casa da vovó 30/11/2001 às 17:17:00

Você se lembra da Dona Benta, a avó do 'Sítio do Pica-pau Amarelo'? A casa da vovó real também pode ser o lugar ideal para realizar seus sonhos.