Segunda-feira, 26 de junho de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Um tempo para cada filho

Por Ivani de Oliveira *


Todos os filhos são diferentes. Por isso merecem tratamento personalizado, que atenda às necessidades individuais. Se você conseguir criar um espaço para cada uma das suas crianças, elas se sentirão mais felizes. E você também!

Você já reparou que seu filho fica infinitamente mais feliz quando não precisa disputar sua companhia com um irmão? Acredite: se você conseguir reservar momentos a sós com cada uma das crianças - separadamente - vai melhorar a qualidade dessa relação, que às vezes se complica por brigas e irritações causadas pelo ciúme natural que existe entre elas.

Não há ninguém nesse mundo que não adore receber um tratamento "vip", exclusivo. E saiba que isso não vai exigir de você um grande esforço. Bastam apenas 10 ou 15 minutos a sós para que seu filhote se sinta importante, valorizado. Escute tudo o que ele tem a dizer: a oportunidade de ser ouvido é preciosa, especialmente quando ele não se sente constrangido a competir.


Agarre toda e qualquer oportunidade: uma ida ao supermercado, um sorvete na padaria da esquina, uma parada no jornaleiro... Vale até fazer pequenas surpresas, como buscá-lo no colégio e retirá-lo para perua escolar na última hora!

Tratamento diferenciado

Amanda Farias, advogada, mãe de duas meninas em idades muito próximas, considera fundamental dedicar um tempo especial a cada uma. "Às sextas-feiras reservo um horário para buscar minha filha mais velha na escola. Ela adora essa rotina e já sai da sala de aula com um enorme sorriso nos lábios. Em seguida, paramos no sorveteiro para que ela escolha o que deseja. Ela acha o máximo", garante. No trajeto para casa, o papo rola fácil, pois ambas estão felizes.

Já a médico ortopedista João Almeida, tem um casal: leva Carolina, de 7 anos, para jantar fora todas as quartas-feiras, sem a companhia do irmão, Roberto, de 8 anos. Com o menino, ele faz uma programação diferente: vai com freqüência ao estádio de futebol para prestigiar o time do filho. "Gosto muito de fazer isso, pois assim consigo me dedicar aos dois com exclusividade", diz.

Felicidade garantida

Deixe a escolha do programa a cargo de seu filho, mas trate de fazê-lo entender que o prazer tem que ser de vocês dois. Qualquer criança percebe quando os pais ficam entediados. Portanto, divirtam-se!


  • Tente fixar um dia - ou uma noite - para esses encontros especiais. Assim o compromisso ficará mais real e concreto na cabecinha de seu filho.

  • Faça com que essa data seja muito importante e demonstre isso. Seu filho se sentirá muito prestigiado.

  • Não deixe que o irmão - ou irmã - sabote esse momento. Explique ao outro que ele também terá seu momento especial. Se um dos dois for muito pequeno para entender, espere que durma antes de sair com o maior.

  • Lembre-se de que esta atenção é preciosa e sempre será lembrada com carinho.


  • Comentário:    
           

    Matérias relacionadas

       
    Animais, alegria para toda a família 06/11/2001 às 15:33:00

    Animais de estimação oferecem carinho e companhia, ajudando até a curar a depressão. Quem resiste?

       
    Gêmeos, prazeres e desafios 03/01/2001 às 15:35:00

    Separar irmãos gêmeos na hora de ir para a escola nem sempre é a conduta mais correta. Tudo vai depender de como eles reagem quando ficam longe um do outro. Saiba, porém, que você pode ajudá-los a desenvolver sua individualidade.

       
    A importância do sim 13/03/2010 às 10:24:00

    Fala-se muito da importância de impor limites e dizer não aos filhos. Mas, às vezes, é preciso também dizer sim! Saiba mais!

       
    Vamos lá, Brasil! 12/08/2004 às 11:52:00

    As Olimpíadas trazem à tona valores como patriotismo, companheirismo, dedicação e persistência. Assista à competição junto com seus filhos e aproveite para passar mensagens importantes para eles.

       
    Apatia juvenil, em que medida ela é real 28/08/2002 às 14:55:00

    No início da adolescência bate aquela preguiça para tudo. O que fazer para "sacudir" essa meninada? Existem saídas?