Sexta-feira, 19 de dezembro de 2014
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

A escolha do pediatra

Por Julienne Gananian *


A relação entre o pediatra e as crianças baseia-se em confiança e respeito. Procure, sempre, profissionais bem indicados.

Os filhos são preciosos, não é mesmo? Portanto, para cuidar da saúde deles, escolha um ótimo profissional. Confira as dicas elaboradas pelo Dr. Leonardo Posternak, médico pediatra em São Paulo.


  • Procure indicações por meio de amigos ou familiares, fontes preciosas para encontrar bons profissionais.


  • Se possível, compareça à primeira consulta sem levar a criança. Você terá mais liberdade - e sossego! - para conhecer melhor o médico, a sua linha de trabalho e a sua maneira de pensar. Estes aspectos serão a base para construir uma relação de confiança, que se consolidará a cada novo contato.


  • "Lamentavelmente, a formação em boas faculdades, o curriculum ou a quantidade de diplomas pendurados nas paredes do consultório, apesar de indicarem um bom preparo técnico, não são garantia de uma conduta ética e muito menos excluem a possibilidade do profissional ser portador de desvios, perversões ou patologias psicoemocionais" lembra o Dr. Leonardo Posternak. O pai - ou a mãe - deve sempre acompanhar as crianças, já que sua presença, além de proteção, traz confiança e tranqüilidade aos pequenos.


  • No caso dos adolescentes, os pais não precisam necessariamente estar por perto. Porém, é fundamental a presença de outra pessoa na sala de exame, como uma enfermeira ou assistente.


    "Tão ou mais importante que a presença na consulta é acompanhar os filhos antes e depois da visita ao médico, conversando abertamente sobre suas dúvidas, preocupações e sobre o tratamento" explica o pediatra.


    Portanto, escolha profissionais competentes para tratar da saúde dos seus filhotes e arremate os cuidados garantindo um ambiente de confiança em casa, estimulando o diálogo para que eles se sintam seguros e possam esclarecer todas as suas dúvidas e receios.


  • Comentário:    
           

    Matérias relacionadas

       
    Manual do ficar, especial para pais 17/06/2002 às 15:36:00

    Para os pais que não viveram a onda do "ficar".

       
    Crianças especiais 05/11/2003 às 13:40:00

    Classes regulares aceitando alunos com necessidades especiais já são realidade em algumas escolas. Naturalmente, como em toda reformulação, existem dúvidas dos pais. Será positiva a convivência entre crianças com diferenças mais acentuadas?

       
    Convivendo com um deficiente 13/09/2001 às 14:23:00

    A família de um portador de deficiência mental é especial. Saiba como lidar com a diferença entre os filhos, educando-os de forma equilibrada, realista e verdadeira.

       
    Aprendiz de Maestro 01/09/2014 às 17:39:04

    Convide seus filhos para assistir à série O Aprendiz de Maestro, produzida pela TUCCA - uma ONG que dá assistência a crianças com câncer. Ao mesmo tempo em que se divertem, vocês ajudam a quem precisa.

       
    Como amamentar após o retorno ao trabalho 24/03/2006 às 13:42:00

    A licença maternidade está no fim e logo você terá de voltar ao batente, mas não quer deixar de amamentar seu filho. O que fazer?