Quarta-feira, 22 de outubro de 2014
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Dinheiro e filhos

Oferecimento Sulinvest

Por Sandra Blanco *


Quais pais que não sonham com o melhor para seus filhos? Poder dar uma boa alimentação, belas roupas, bons colégios, brinquedos, viagens, etc. Mas para bancar esses desejos é preciso dinheiro, não é?

Pense um pouco no dinheiro necessário para pagar as contas. Mas, também, na maneira como ele é tratado pela família. Criar indivíduos preparados para o mundo lá fora não depende somente de boa formação, de bons colégios. A verdadeira educação é um conjunto das boas experiências adquiridas durante a infância. E parte dessa boa formação tem relação com o dinheiro. Na maneira como os pais falam sobre dinheiro, na maneira como mostram a importância do trabalho, na maneira que eles aprendem o que podem esperar deste mundo.


As crianças são capazes de absorver muito. Basta sentirem confiança no que está sendo transmitido e que vocês estão realmente abertos para falar do assunto. Conversando com seus filhos sobre dinheiro, você estará falando sobre o que move o mundo e, na verdade, ensinando-lhes bem.


Dialogar com os filhos sobre dinheiro tem sido descartado da lista de tarefas de muitos pais. O assunto foi considerado secreto por muitos anos. Com a globalização da economia e o desenvolvimento tecnológico não temos mais como adiar nem como esconder sua importância.


Mas para ensinar com confiança é preciso ter propriedade do assunto. Não adianta ensinar sobre economia e poupança se a família é consumista e esbanjadora. Também não adianta falar em futuro se a família trabalha hoje para pagar o que comprou ontem. Nem falar sobre doação e caridade, se a situação dos menos privilegiados não importa.

Preocupação com o futuro

Você sabia que nos Estados Unidos poupar e investir dinheiro pensando na faculdade dos filhos está entre os objetivos financeiros mais citados pelos investidores? Isto porque eles não precisam se preocupar com o ensino fundamental que ainda é público e de boa qualidade.


Mas e num país como o nosso, onde é impossível contar com o ensino público? E as nossas escolas particulares que cobram quase o mesmo valor de uma mensalidade de universidade? E os pais que sonham em proporcionar aos filhos a experiência de estudar no exterior por um ou dois anos? A preocupação não deveria então ser maior ainda? Então, está na hora de abrir os olhos!


* Sandra Blanco Consultora de Finanças Pessoais da Mulherinvest


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
Natal dentro do orçamento 13/11/2004 às 14:44:00

Saiba como planejar seus gastos e reduzir as despesas de fim de ano para não começar o ano novo no vermelho.

   
Educação financeira em dose infantil 03/05/2001 às 14:19:00

Questões financeiras dizem respeito a toda a família, inclusive aos pequenos. Afinal, eles também entram no orçamento doméstico. Mas é importante respeitar a maturidade da criança para não envolvê-la em assuntos que gerem traumas futuros.

   
De pai para filho 04/06/2001 às 14:03:00

Há muitos anos a caderneta de poupança era a aplicação financeira mais utilizada pelos pais para acumular um determinado capital que, no futuro, pudesse ajudar seus filhos. Hoje há diversas outras opções para chegar lá. Conheça algumas delas.

   
Dicas para diminuir as despesas domésticas 06/02/2004 às 21:55:00

Com medidas simples, é possível reduzir bastante os gastos mensais com energia elétrica, água, telefone e outras despesas. Saiba como!

   
O que seu filho quer ser quando crescer 02/04/2001 às 14:31:00

O garotinho diz que será piloto de avião e a menina quer brilhar nas passarelas da moda: são os pequeninos sonhando com a profissão. A escolha da carreira é pessoal, mas a ajuda dos pais é bem vinda. Oriente seu filho sem traçar o caminho por ele.