Segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Página inicial do clicfilhos.com.br
    

Trocar, reutilizar, doar

Por Carla Oliveira *


Aprenda como reutilizar o material escolar e diversas outras formas de economizar e evitar o desperdício com esses itens.

A cada início de ano, os gastos com material escolar, livros didáticos e uniformes representam um enorme rombo no orçamento familiar. Além disso, comprar tudo novo e desfazer-se das coisas antigas muitas vezes gera um desperdício muito grande. Para economizar e reduzir esse desperdício, três atitudes são fundamentais: trocar, reutilizar e doar. Confira algumas dicas para colocar em prática essas atitudes:


● Organize na escola uma feira anual de troca de livros no começo do ano letivo. Cada livro disponibilizado por um aluno gera o direito de escolher outro livro em troca. Assim, alunos de uma série podem adquirir livros usados por alunos que estão indo para a série seguinte e assim por diante. Os livros devem estar em bom estado. Por isso, durante o ano, é importante conscientizar os alunos sobre a importância de cuidar bem do livro, não amassar, não rabiscar etc. Para tornar esta atividade mais interessante, cada aluno pode deixar dentro do livro um bilhetinho escrito para o próximo dono, com uma mensagem de incentivo.


● Estojos, mochilas e lancheiras não precisam necessariamente ser trocados todo ano. Muitas vezes, um conserto no zíper quebrado, uma costura naquele furinho que se formou e uma boa lavagem deixam esses materiais como se fossem novos!


● Seu filho tem muitos cadernos usados pela metade? Descarte as folhas usadas e faça novas capas, utilizando figuras recortadas de revistas ou adesivos, para dar um visual diferente.


● Crianças crescem depressa! Uniformes escolares que já não cabem mais também podem ser trocados, caso estejam em bom estado. Ou, em vez de trocar, a escola pode arrecadar peças usadas com os pais e realizar um bazar vendendo-as aos próprios pais por preços simbólicos, para depois efetuar a doação do valor arrecadado a uma entidade beneficente.


● Se a escola comprar uniforme e outros materiais em grande quantidade, poderá negociar um preço bem menor com o fornecedor. É possível que a escola entre em contato com os pais, verificando quem tem interesse em adquirir os produtos desta forma, e então providencie a aquisição dos materiais. Caso a escola não se disponibilize a fazer isso, os pais podem organizar-se um grupos e comprar em atacado também.


● Que tal todos os pais se juntarem para arrecadar materiais usados e fazer uma doação a alguma escola pública do bairro? Um lápis pela metade ou uma mochila um pouco gasta podem ser úteis a quem não pode comprar tais produtos novos.


Clique nos links abaixo para assistir aos vídeos do Ministério da Educação sobre a reutilização de livros didáticos:


http://www.youtube.com/watch?v=R_dMMkX6e14



http://www.youtube.com/watch?v=1TfFNnHRXPA&feature=related


Comentário:    
       

Matérias relacionadas

   
O jovem e as finanças 14/02/2002 às 16:17:00

Tão importante quanto uma educação formal na escola é o preparo do jovem para enfrentar o mundo com um sólido conhecimento a respeito de dinheiro.

   
O tal do aquecimento global 19/09/2007 às 09:34:00

Entenda o que é este fenômeno e saiba como você e sua família podem contribuir para evitá-lo.

   
Presente feito em casa 19/11/2002 às 10:57:00

Que tal aproveitar a criatividade de seus filhos para que eles próprios façam seus presentes de Natal?Além de originais, estes mimos irão tocar fundo o coração da vovó ou até da professora!

   
Natal dentro do orçamento 13/11/2004 às 14:44:00

Saiba como planejar seus gastos e reduzir as despesas de fim de ano para não começar o ano novo no vermelho.