Quinta-feira, 20 de setembro de 2018
Página inicial do clicfilhos.com.br

Resultados para 'vacina'

Conteúdos: 14 | Comunidades: 0 | Produtos: 0

A catapora se manifesta em surtos epidêmicos, geralmente entre o fim do inverno e o início da primavera. Saiba mais sobre essa doença.

Vida de alérgico não é fácil! Aprenda porque acontecem as crises e o que fazer para evitá-las.

As respostas desta seção foram elaboradas pelo Dr. Leonardo Posternak, médico pediatra, membro do Departamento de Pediatria do Hospital Israelita Albert Einstein.

Falar em tuberculose parece coisa do passado, mas não é. A doença está voltando e pode ser uma ameaça à saúde de muitas pessoas.

"Coloque um agasalho senão vai pegar pneumonia!" Toda criança já deve ter ouvido essa recomendação pelo menos uma vez. Afinal, você sabe qual a causa dessa doença?

Rubéola na gravidez (em Conteúdos)

A prevenção é a melhor forma de livrar seu bebê dos males provocados pela rubéola durante a gestação.

A caminho do consultório (em Conteúdos)

Descubra como diminuir a ansiedade - sua e de seu filho! - antes da consulta médica. Afinal, médico não é sinônimo de dor!

Gripe: com ou sem vacina? (em Conteúdos)

No começo, tosse e espirros. Depois, dor de garganta e mal-estar. Com a mudança de estação os casos de gripe começam a aparecer. Fique atento!

Males de inverno (em Conteúdos)

Basta a temperatura abaixar, a umidade do ar aumentar ou a inversão térmica chegar para os primeiros sintomas aparecerem.

Olho vivo no calendário (em Conteúdos)

Seu filho pode e deve ser imunizado contra várias doenças ao longo dos primeiros anos de vida. Confira, aqui, o calendário das vacinas.

O be a bá das vacinas (em Conteúdos)

Vacinar seu filho é um ato de amor e consciência. Só dessa forma ele estará protegido contra doenças que nem sempre têm cura.

As vacinas podem causar reações diferentes nas crianças. Algumas, aliás, podem nem reagir a seus componentes. Mas vale a pena ficar sabendo quais são os sintomas possíveis depois de cada vacinação.

Conheça os males mais freqüentes dos primeiros anos de vida. Nem todos costumam ser graves, mas exigem cuidados, como todas as outras doenças, para que não acarretem seqüelas ou outras complicações.